17.10.17

sorvete de menta e chocolate


Mais uma vez a combinação hortelã e chocolate dando as caras por aqui. Na verdade eu queria um sorvete verdinho, sem corantes artificiais, mas aí quando achei uma receita que as folhas de hortelã eram batidas e coadas já era tarde demais porque minhas folhas já estavam em infusão há algum tempo, logo, já tinham perdido o frescor para serem batidas. Fica para a próxima! Mas olha, ficou bem saboroso, eu deixei bastante tempo em infusão, por isso o sabor ficou intenso. Receita do livro Williams-Sonoma Cooking at Home.

sorvete de menta e chocolate
1½ xícara leite integral
1½ xícara creme de leite fresco
⅔ xícara açúcar
1 xícara folhas de hortelã
4 gemas
125g chocolate meio-amargo, picado ou gotas
2 colheres (chá) óleo vegetal

Numa panela coloque o leite, ½ xícara do creme de leite e o açúcar, leve ao fogo até começar a borbulhar, desligue o fogo, junte as folhas de hortelã, misture bem e tampe a panela. Deixe em infusão por 4 horas (você pode deixar menos tempo, eu queria o sabor da hortelã bem concentrado). Reaqueça a mistura. Numa tigela coloque as gemas e misture. Quando a mistura estiver bem quente, mas sem ferver, adicione cerca de meia xícara na tigela das gemas, coloque aos pouquinhos e mexendo constantemente com um fouet. Uma vez misturado, coloque tudo de volta na panela, da mesma forma: mexendo sempre com o fouet. Agora com a colher de pau continue mexendo, em fogo baixo, até a mistura engrossar ligeiramente, para saber o ponto basta observar quando a mistura cobrir as costas da colher, passe o dedo e verifique se a marca do dedo ficar na colher, este é o ponto correto. Coloque tudo numa tigela, passando pela peneira para separar as folhas de hortelã. Adicione a xícara restante de creme de leite. Cubra e leve à geladeira por uma noite, ou pelo menos 6 horas. Passe a mistura pela sorveteira. À parte derreta o chocolate com o óleo. Quando o sorvete estiver terminado, derrame o chocolate derretido aos pouquinhos, ainda com a máquina funcionando, não deixe que a sorveteira girar por mais de 1 minuto depois do chocolate. Guarde num pote e leve ao freezer.

28.9.17

pan pizza de pepperoni


Com certeza meu tipo de pizza preferido é com a massa bem grossa, parecendo um pãozinho, tipo Pizza Hut, Dominos. Só que ainda não tinha experimentado esta versão de frigideira estilo pizzas de Chicago. A única referência das pizzas Chicago style era o Anthony Bourdain falando mal delas no programa dele, mas cá entre nós: exceto comida de rua, do que mais este homem fala bem? Adoro o humor mordaz dele, só não dá para levar muito a sério. Voltando à pizza, eu achei uma maravilha esta receita, a massa se faz na batedeira e fica super macia, o pepperoni pré-frito é uma dica valiosa. Só ficou devendo no molho, achei que ficou um pouco ácido e na próxima vez que fizer esta receita vou cozinhar um pouco o molho antes de colocá-lo. Não reparem na foto, ficou com uma luz desfavorável porque fiz à noite. Fonte: America's Test Kitchen.

pan pizza de pepperoni
massa:
½ xícara + 2 colheres (sopa) leite morno
1½ colher (sopa) azeite
1¾ colher (chá) fermento biológico seco
1¾ xícara farinha de trigo
1½ colher (chá) açúcar
¼ colher (chá) sal

recheio:
1½ xícara molho para pizza, receita abaixo
90g pepperoni fatiado
2 xícaras mozarela ralada
¼ xícara parmesão ralado

Comece pelo pepperoni: coloque as fatias em uma frigideira anti-aderente - ou na frigideira de ferro, de 30cm, que será usada para assar a pizza - e deixe até as fatias ficarem crocantes, cerca de 3-5 minutos, não deixe dourar. Retire e reserve.
Para a massa: misture o leite, azeite e fermento e mexa até o fermento dissolver. Misture a farinha, açúcar e sal na tigela da batedeira. Com o batedor de gancho, em velocidade baixa, derrame a mistura líquida devagar, até misturar tudo. Quando formar uma massa, aumente para a velocidade médio-baixa e continue a bater, por mais 3-5 minutos, até a massa ficar homogênea e elástica. Transfira a massa para uma superfície enfarinhada e sove com as mãos para formar uma bola. Coloque a massa numa tigela, cubra com filme plástico e deixe num lugar sem corrente de ar para crescer por 1h30.
Pré-aqueça o forno a 200ºC. Coloque a massa novamente na superfície enfarinhada e abra a massa usando as mãos até formar um círculo de 30cm de diâmetro. Coloque a massa sobre a frigideira de ferro (ou uma assadeira redonda com o mesmo diâmetro). Cubra com filme plástico e deixe crescer novamente por mais 20-30 minutos.
Para a montagem: salpique a mozarela por cima e cubra com o pepperoni. Espalhe o molho por cima do pepperoni e por fim o parmesão. Se usar a frigideira de ferro, coloque-a sobre o fogo alto do fogão até as beiradas estufarem, cerca de 3 minutos (não mais que isso), se usar a assadeira pule esta etapa e coloque no forno até formar uma crosta dourada, cerca de 20-30 minutos. Retire no forno e aguarde 10 minutos antes de servir.

molho para pizza:
2 latas tomate pelado
1 colher (sopa) azeite
2 dentes de alho, amassados
1 colher (chá) vinagre de vinho tinto
1 colher (chá) orégano seco
½ colher (chá) sal
¼ colher (chá) pimenta-do-reino

Bata no mixer (ou liquidificador) os tomates com o líquido junto, azeite, alho, vinagre, orégano, sal e pimenta, até formar uma mistura homogênea. Deve resultar em 2 xícaras de molho.

20.9.17

bolo de chocolate e laranja


Eu gosto muito de drizzle cake, este bolinho mais amanteigado que recebe um banho de calda de fruta - de preferência cítrica - e se torna um bolo fofinho, úmido e às vezes azedinho também. E também adoro a combinação chocolate e laranja, mas não gosto dela com frequência, apesar de deliciosa, acho forte demais e guardo para certos momentos, quando o paladar pede. Este é um bolo simples de tudo, até doce demais e fica melhor no dia seguinte. Como todo bolo embebido em calda recomendo conservar embrulhado em plástico filme, não resseca. Receita da Nigella Lawson, publicada no NYT Cooking.

bolo de chocolate e laranja
bolo:
125g manteiga, amolecida
¾ xícara açúcar mascavo
raspas de 1 laranja
1 xícara farinha de trigo
¼ colher (chá) sal
½ colher (chá) bicarbonato de sódio
1 colher (chá) fermento em pó
2 colheres (sopa) cacau em pó, peneirado
2 ovos grandes
¼ xícara leite

calda:
½ xícara de suco de laranja - cerca de 2 laranjas
raspa de 1 laranja
¾ xícara açúcar de confeiteiro, peneirado

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Unte e forre com papel manteiga uma assadeira retangular, para bolo inglês, de 23x10cm. Na batedeira bata a manteiga até ficar cremosa, junte o açúcar e continue batendo até obter umm creme fofo. Adicione as raspas. Numa tigela misture a farinha, sal, bicarbonato, fermento e cacau. Na batedeira coloque os ovos, alternando cada ovo com um pouco da mistura de farinha, por fim coloque toda a farinha restante. Junte o leite e desligue a batedeira. Coloque a massa na forma preparada e leve ao forno por 45 minutos, ou até um palito sair seco.
Enquanto o bolo assa, prepare a calda: numa panelinha misture o suco e raspas de laranja, mais o açúcar de confeiteiro, mexa bem e leve ao fogo baixo até o açúcar dissolver completamente. Se preferir passe esta calda pela peneira (eu omito esta parte).
Assim que o bolo sair do forno, faça diversos furos com um palito de dente, por todo o bolo. Despeje a calda por cima. Deixe o bolo na forma até esfriar, para a calda ser absorvida.

13.9.17

panna cotta de morango


Não vou cometer a indelicadeza com esta panna cotta e compará-la a uma versão caseira de danoninho, porque seria muito injusto. Porém, o sabor lembrou um pouco - talvez pela cremosidade sabor morango, será? Acredito que com alguns ajustes, como cozinhar a polpa de morango antes e diminuir a medida de gelatina, teríamos algo mais próximo.
Agora nos concentrando na receita do post, achei  bem interessante incorporar fruta à mistura, o mais comum é que a panna cotta tenha um sabor neutro e o acompanhamento seja uma compota de frutas. A receita veio de um blog que encontrei no instagram cujo título bem que poderia ter sido criado por mim: Baked by a Introvert, vale a visita ;)

panna cotta de morango
450g morangos, lavados e sem cabinhos
½ xícara leite integral
1½ colher (chá) gelatina em pó sem sabor
½ xícara açúcar
1½ xícara creme de leite fresco

Coloque os morangos no liquidificador (eu fiz no mixer) e bata até formar uma polpa, passe por uma peneira de trama fina e reserve. Numa panela coloque o leite frio e salpique por cima a gelatina, aguarde 10 minutos. Passado o tempo coloque na panela a polpa de morango, açúcar e creme de leite, mexa constantemente sobre o fogo baixo até a mistura ficar quente, mas não deixe ferver - isso deve levar uns 3 a 4 minutos. Retire do fogo e mexa mais um pouco até a mistura amornar. É importante mexer bastante para a gelatina ficar bem dissolvida. Coloque a mistura em potinhos individuais, deixe esfriar, cubra com filme plástico e leve à geladeira por uma noite antes de servir.
rende: 6 potinhos.